“Coma devagar.” Quem nunca ouviu essa expressão?

Se você parar um pouco para relembrar alguns momentos da sua infância, certamente lembrará de um conselho habitual da maioria das mães: “coma devagar”. A expressão, utilizada muitas vezes para acalmar os mais apressadinhos e ansiosos por uma brincadeira, atualmente evoluiu para o conceito de “Slow Food”.

Mas, você conhece o significado desse conceito?

O movimento Slow Food foi fundado em 1989, no Piemonte, no Norte da Itália, pelo líder Carlo Petrini. Inicialmente, o objetivo era apoiar e defender a boa comida, o prazer gastronômico e um ritmo de vida mais lento. Mais tarde, esta iniciativa foi ampliada para abranger a qualidade de vida e, como consequência lógica, a própria sobrevivência do planeta em que vivemos. Trata-se um resgate do valor da alimentação.

O Slow Food acredita em uma “nova gastronomia”, que envolve liberdade de escolha, educação e uma abordagem multidisciplinar em relação à comida que nos permite viver da melhor forma possível, utilizando os recursos ao nosso alcance, sem desperdícios.

Sendo assim, o ideal desse conceito vai muito além do combate ao estilo de vida frenético e da divulgação de uma gastronomia elaborada e assinada. É uma busca por uma vida melhor.

A agricultura tem relação direta com o conceito de Slow Food, uma vez que está ligada às características de cada território, como o clima, o solo, a vocação, a história e os costumes sociais.

O movimento está sustentando em três pilares: alimento bom, no senso de saudável, mas também do sabor agradável; limpo, cultivado gerando o mínimo impacto e preservando o bem-estar animal; e justo, que respeita quem produz, processa e distribui.

Apoiado nesses pilares, o Slow Food trabalha para assegurar a biodiversidade, criando relacionamentos entre produtores e consumidores, e melhorando a conscientização sobre o sistema que regula a produção de alimentos.

Levando em conta todos esses fatores, o Hotel Internacional Gravatal também se preocupa com o que leva à mesa de seus hospedes, em todas as refeições. O prazer da “boa mesa” é um princípio valorizado na gastronomia do hotel, e não apenas no quesito sabor.

A estrutura do Hotel Internacional Gravatal conta com uma horta orgânica própria, onde são cultivados legumes e hortaliças. O objetivo é oferecer um cardápio variado e com opções de alimentos mais saudáveis aos visitantes. A variedade cultivada respeita o tipo de solo e o clima da região em cada época do ano.

Além da horta, o hotel também dispõe de um pomar, onde os visitantes podem aproveitar para passear e colher as frutas da estação. Uma opção prazerosa e saudável, não é mesmo? Da mesma maneira como é trabalhado na horta, todas as frutas são cultivadas sem o uso de agrotóxicos.

A preocupação com a qualidade dos alimentos se estende, também, ao momento da compra, quando a produção própria não supre a demanda para todas as refeições oferecidas. O hotel preza por fornecedores locais, que trabalham com o mesmo conceito. O cultivo e a forma como cada produto chega à mesa é que resulta na qualidade do alimento e no bem-estar do consumidor.

 

Venha para o Hotel Internacional e viva essa conceito! Faça a sua reserva e aproveite os alimentos da estação!

 

Hotel Internacional Gravatal

De 24/12 a 27/12
Mínimo de 3 diárias
Diárias a partir de
Mascote Caco HIG

Indo embora
tão cedo?

Que tal você receber nossas
promoções em seu email?
Deixe seu contato e aproveite!